Notícias

05 de novembro

Paraná terá maior número de contratações de temporários dos últimos sete anos

Pesquisa da Fecomércio PR aponta crescimento nas contratações

 

O Paraná terá o maior nível de contratações de funcionários temporários dos últimos sete anos segundo sondagem realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR).

 

De acordo com o levantamento, 37,5% das empresas do setor terciário pretendem contratar temporários neste ano. Essa tendência segue a projeção brasileira feita pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), pela qual o Paraná é quarto estado com maior previsão de contratação em 2021, com 7,19 mil vagas.

 

 

 

Na segmentação por setores, o comércio deve fazer o maior número de admissões de temporários, com 41,3%, ante 27,3% entre as empresas de serviços e 36,4% nas de turismo.

Número de contratações

Este ano também serão contratadas mais pessoas. Em 2020, a média de contratação era de 2 a 3 temporários e em 2021 será de 4 trabalhadores. A maior parte das empresas (40,9%) planeja contratar de 2 a 5 pessoas e outras 36,4% devem fazer apenas uma contração. Os estabelecimentos que intencionam admitir mais do que dez trabalhadores correspondem a 12,1%.

 

Vagas ofertadas

A maior parte das vagas ofertadas serão para a função de vendedor, com 57,6%, seguidas por atendente geral (33,3%), caixa (21,1%) e estoquista (12,1%). E as chances de efetivação são bastante altas, com 81,8%.

 

 

Escolaridade

Para conquistar uma vaga temporária, a escolaridade exigida será o Ensino Médio em 66,7% dos cargos. Na comparação com anos anteriores, observa-se que o nível de escolaridade vem aumentando: em 2020, por exemplo, os cargos que exigiam Ensino Técnico correspondiam a 6,3%, ante 7,6% neste ano; já as funções que demandam o Ensino Superior eram de apenas 4,8% em 2020 e passaram para 9,1% em 2021.

 

 

Além da escolaridade, a experiência na função será requerida por 56,1% das empresas, sendo 27,3% de até seis meses e 28,8% das vagas exigirão experiência acima de seis meses.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos que qualquer dúvida sobre os seus dados, você pode entrar em contato com o DPO da Acig, José Adilson Tratcz – dpo@acig.com.br(42) 3621-5501.