Notícias

20 de janeiro

Núcleo de Salões de Beleza e Centros de Estética forma novas parcerias

Na manhã desta segunda-feira (20) os empresários do Núcleo de Salões de Beleza e Centro de Estética se reuniram com representantes da Prefeitura Municipal, da Vigilância Sanitária e também da Sala do Empreendedor na sede da Acig.  O principal objetivo do encontro foi alinhar os interesses do núcleo com os órgãos públicos.

Dentro do núcleo setorial é consenso a percepção de que o número de estabelecimentos informais tem aumentado muito, assim como o número de pessoas inaptas para realização dos tratamentos de beleza. “Trabalhando junto as coisas ficam mais fáceis. Pensando nisso, essa reunião foi marcada, pois queremos discutir formas de conscientizar e informar os empresários, profissionais e o público em geral”, afirma o consultor do Programa Empreender Felipe Polzin.

Para a empresária Cleuza Meira, um dos principais problemas do segmento é a concorrência desleal. Segundo ela, muitas vezes profissionais não formalizados acabam abrindo clinicas e salões e conquistando os clientes pelos preços mais baixos. “Estamos em busca de um concorrente leal, queremos fortalecer nosso segmento e principalmente oferecer serviços de qualidade para nosso público”, explica.

Neste sentido, o núcleo de Salões de Beleza e Estética se coloca à disposição da comunidade e geral, juntamente com o poder público para auxiliar estes empresários que por motivos diversos não estão atendendo a atual legislação.

Atualmente para conseguir um alvará para atuar neste segmento, basta apresentar na Prefeitura Municipal um certificado de conclusão de um curso na área. “Não existem muitas especificações, o que exigimos é que o profissional tenha um certificado confirmando a realização de um curso”, explica o diretor do departamento de fiscalização, João Cesar Loures. Assim sendo, foi discutido no encontro a possibilidade de apresentar futuramente na Câmara Municipal um projeto para regulamentar a abertura de um negócio na área de beleza e estética.

A reunião das entidades visou alinhar os interesses e estabelecer parcerias para que a comunidade Guarapuavana não tenha prejuízos físicos e morais advindos dos tratamentos de beleza disponíveis pelos profissionais. É necessário a profissionalização do setor, e esta é uma das principais bandeiras do núcleo.

Por fim, ficou definido que em breve será realizada mais uma reunião, que vai contar também com a participação dos empresários responsáveis por escolas de formação de profissionais da área de beleza e estética. Com isso, o objetivo é conscientizar desde o início a importância de seguir as normas e resoluções definidas para exercer a profissão. “Essa união é importante para a conscientização de todos e principalmente para saúde pública, temos que tentar acabar com a irregularidade”, finaliza o diretor da Vigilância Sanitária de Guarapuava Rodrigo Cordova.

reunião 3 reunião 1

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos que qualquer dúvida sobre os seus dados, você pode entrar em contato com o DPO da Acig, Margarete Freitas – dpo@acig.com.br(42) 3621-5501.