Notícias

01 de novembro

Instituto do Câncer é criado em Guarapuava

Nesta segunda-feira (28), o Instituto de Pesquisa do Câncer foi oficialmente criado a partir de uma Assembleia constituída por representantes do Departamento de Medicina da Unicentro, da Acig (Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava) e do Hospital São Vicente.

 

Com previsão de inauguração da sede em fevereiro de 2020, no bairro Cidade dos Lagos, o Instituto será um dos mais equipados centros de Medicina Genômica do Brasil, voltado para pesquisa e atenção aos pacientes com câncer, além de outras frentes de atuação.

 

“O Instituto é uma iniciativa pioneira da fusão de entidades da própria comunidade, visando construir algo em prol de pesquisa e do ensino de qualidade. É importante esclarecer que o Instituto não vai estudar apenas o câncer, a nossa estrutura genômica permitirá estudos em diversas áreas, como a agropecuária, por exemplo”, explica o Médico e Coordenador do Departamento de Medicina da Unicentro, David Livingstone Alves Figueiredo.

 

Para o presidente da Acig, Cledemar Antonio Mazzochin, projetos de relevância social como este precisam de apoio das iniciativas privada e pública.

 

“Temos muitos projetos de alto padrão e complexidade em andamento na área da saúde em nossa cidade, como o Hospital Regional, o Hospital do Câncer, Centro de Diagnóstico por Imagem, Centro Médico, Centro Oftalmológico, entre outros. O Instituto vem para legitimar, de fato, Guarapuava como uma referência estadual em saúde, impactando diretamente na qualidade de atendimento à população da região”, avalia o presidente.

 

Parcerias

Atualmente, Guarapuava oferta duas graduações em Medicina – nas modalidades pública e privada –, que serão impactadas em termos de qualidade a partir do funcionamento do Instituto.

 

“O Instituto vai fomentar pesquisas de alto nível e ensino de qualidade. Certamente, contribuiremos para trazer a Medicina Genômica para a formação da nova geração de médicos, como um campo de ensino e estágio para inúmeros cursos da saúde e de outras áreas. Nosso Instituto já conta com a parceria de pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo) e Universidades dos Estados Unidos e Canadá”, avalia David.

 

Esteve presente na Assembleia de criação do Instituto o professor de clínica médica na USP,  Marco Antônio Zago. Reconhecido nacionalmente como pesquisador, Zago é um dos coordenadores do projeto Genoma Humano Brasileiro e do projeto Genoma do Câncer Brasileiro. Além disso, já atuou como Secretário de Saúde de São Paulo e reitor da USP.

 

“O Instituto já nasce com grandes parcerias, com o envolvimento de uma comunidade que sonha e espera construir algo diferente, algo que faça com que Guarapuava seja referência, sem deixar a desejar para os grandes centros”, conclui Mazzochin.

 

Fotos: Ascom Unicentro