Notícias

17 de janeiro

Acig pretende lançar livro em comemoração aos seus sessenta anos de história em Guarapuava

Em 2015, a Acig (Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava) completa sessenta anos. Para comemorar as seis décadas de atuação no município, a entidade pretende promover ações alusivas à data. Uma delas é um livro que irá retomar os sessenta anos da associação, abordando os acontecimentos marcantes de cada gestão. A obra está sendo produzida pela Alac (Academia de Letras, Artes e Ciências de Guarapuava), com o apoio do Departamento de História da Unicentro (Universidade Estadual do Centro-Oeste).
O pré-lançamento da obra foi feito na manhã desta sexta-feira (17), no aniversário de 59 anos da Acig. Para comemorar a data, a entidade ofereceu um café da manhã para novos sócios e associados aniversariantes do mês. Nivaldo Kruger, ex-presidente da Acig, membros da Alac e do Departamento de História da Unicentro também estiveram presentes.
No evento, Gracita Marcondes, membro da Alac e uma das responsáveis pela obra, discursou em tom de agradecimento pela iniciativa do presidente Eloi Mamcasz de resgatar os sessenta anos de história da associação comercial. “Somente o que está escrito transcende a eternidade”. Para Gracita, a história de Guarapuava tem de ser valorizada e conhecida para honrar a história de seus filhos.
Segundo o professor Ariel Pires, coordenador do projeto, o livro dos sessenta anos da Acig vai ser um marco importante na história do município porque vai falar de seis décadas de trabalhos prestados em prol da coletividade.
O presidente da Acig, Eloi Mamcasz, acredita que a obra será de grande valia para as gerações futuras se inspirarem nas boas ações de seus antecessores.
A obra
Para a produção do livro, há cerca de quatro meses, a Acig recebe estagiários da Unicentro que tem realizado um trabalho de análise do arquivo histórico da associação. A pesquisa dos estudantes facilita o trabalho da Alac, pois as informações são repassadas de forma coordenada. “Estamos realizando um levantamento historiográfico, selecionando documentação e pesquisando em atas, livros e revistas a história da entidade”, explica o estudante de história Wagner Fiuza.
O acadêmico Tiago Bonfim, também envolvido no processo, acredita ser de fundamental importância a oportunidade que a Acig deu a eles de colocar em prática o eles aprendem em sala de aula. “É gratificante poder  contribuir para elaboração  deste livro. A expectativa é grande, esperamos que o livro agrade a todos”.
Segundo Eloi Mamcasz, presidente da Acig e idealizador do livro, o trabalho dos estudantes e da Alac tem sido satisfatório, pois há empenho de ambas as partes. “Logo que vislumbramos a ideia do livro, tivemos em mente que a obra deveria ser feita pela Alac. Tratam-se de escritores renomados em Guarapuava, o que confere ao livro profissionalismo e seriedade, assim como os sessenta anos de trabalho da Acig”, afirma o presidente.
A expectativa em torno da obra é grande, por isso, desde já, a associação se prepara para lançar o livro em grande estilo, dia 15 de janeiro de 2015. Por enquanto, o presidente da Acig prefere não dar detalhes sobre o lançamento, mas garante que será um evento marcante.
evento livro 4 evento livro 3
evento livro 2

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos que qualquer dúvida sobre os seus dados, você pode entrar em contato com o DPO da Acig, Margarete Freitas – dpo@acig.com.br(42) 3621-5501.